Feira de Produtos Orgânicos na Fiocruz Amazônia, nesta quinta-feira, 11/4 

Nesta quinta-feira, 11/4, de 8h30 às 13h, na calçada do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) será realizada mais uma edição da Feira de Produtos Orgânicos, evento promovido pelo Laboratório Território, Ambiente, Saúde e Sustentabilidade (Tass), em parceria com a Asfoc-AM.

A atividade visa sensibilizar trabalhadores da Fiocruz Amazônia e comunidade do entorno para a importância da adoção de uma dieta livre de agrotóxicos, além de estimular o consumo de plantas alimentícias não-convencionais (Pancs).

O quê? Feira de Produtos Orgânicos na Fiocruz Amazônia

Quando? Quinta-feira, 11/4/2019

Horário? 8h30 às 13h

Onde? Rua Teresina, 476, Adrianópolis, Manaus-AM

A FEIRA

Participam da Feira de Produtos Orgânicos, agricultores da Associação dos Agricultores São Francisco de Assis – Ramal da Cachoeira, entidade ligada à  Rede Maniva de Agroecologia do Amazonas (Rema).

Dentre os produtos agrícolas orgânicos comercializados estão hortaliças, frutos regionais de época, plantas medicinais e plantas comestíveis não convencionais, entre outros. Artesanato, alimentos feitos a partir de produtos orgânicos e mudas de plantas também estão na feira.

SOBRE ORGÂNICOS

Os produtos orgânicos são cultivados sem o uso de adubos químicos ou agrotóxicos. São considerados produtos limpos e saudáveis e que respeitam o meio ambiente e contribuem para a preservação dos recursos naturais.

 

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Imagem: Mackesy Nascimento

Divulgado resultado das análises das inscrições e recursos do processo seletivo para ingresso no PPGVIDA

A Secretaria Acadêmica (SECA) do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) divulgou nesta terça-feira, 9/4, o resultado das análises das inscrições e recursos do processo seletivo para ingresso no PPGVIDA.

Os candidatos que tiveram suas inscrições homologadas estão aptos a seguir para a segunda etapa, que compreende a submissão à prova escrita, a ser realizada no ILMD/Fiocruz Amazônia, no dia 10/4, de 9h às 11h (Prova de Saúde Coletiva), e de 14h às 17h (Prova de conhecimentos específicos).

O resultado está disponível no sistema Sigass em: http://www.sigass.fiocruz.br/pub/inscricao.do?codP=120

SOBRE O CURSO

O PPGVIDA – ILMD/Fiocruz Amazônia é um programa de pós-graduação que tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O curso é em regime integral e as aulas estão previstas para iniciar dia 5 de agosto deste ano. Ao final do mestrado, o egresso do curso receberá diploma de Mestre em Saúde Pública.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes

Funasa e Fiocruz Amazônia discutem parcerias para melhoria da qualidade da água em comunidades rurais e ribeirinhas do Amazonas

SALTA-z é uma tecnologia usada pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa), do Ministério da Saúde, para promover a saúde e melhorar a qualidade de vida das pessoas, a partir do suprimento de água potável para as comunidades rurais e ribeirinhas do Amazonas, que não têm acesso à água potável.

Para ajudar a tornar esse projeto uma realidade no Estado, a direção do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) recebeu na segunda-feira, 8/4, a visita de equipe da Funasa para a formação de parcerias que vão permitir ampliar o fornecimento de água potável em comunidades rurais do Amazonas.

“A Funasa tem essa missão de instalar as SALTA-z nas comunidades que necessitam da tecnologia, mas precisamos do apoio da Fiocruz para nos ajudar com expertise, laboratórios, equipe técnica e insumos, para darmos continuidade ao projeto. Por isso, estamos hoje aqui, para conversarmos sobre essa possibilidade de formação de parceria”, explicou Wenderson Monteiro, superintendente da Funasa no Amazonas.

Sérgio Luz, diretor do ILMD/ Fiocruz Amazônia, ressaltou a importância do trabalho da Funasa em levar água de qualidade para as comunidades do Amazonas e lembrou que a parceria entre as duas instituições, Funasa e Fiocruz, sempre existiu. “Agora, sob um novo entendimento, estamos tentando construir uma nova parceria para a questão da melhoria da qualidade da água para as populações do Estado, o que será muito importante não só para as instituições, mas especialmente para as comunidades atendidas pelo projeto, pois podemos contribuir com a avaliação da água, a partir do uso da SALTA-z”, disse.

A partir desse encontro, novas possibilidades de parcerias institucionais foram cogitadas, bem como com a inserção de outros órgãos que possam contribuir para a saúde e melhoria da qualidade de vida das populações rurais do Amazonas.

Sobre a SALTA-Z

É uma tecnologia social, usada como alternativa para o tratamento de água em comunidades rurais, que utiliza processo convencional, de fácil aplicação, para tratar a água, por meio do uso de filtros e dosadores de características artesanais.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Fotos: Eduardo Gomes

 

Fiocruz Amazônia seleciona bolsista para atuar com programação de sistemas web

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) seleciona bolsista para atuar como programador de sistemas web. Para concorrer à vaga o candidato precisa ter concluído o ensino superior em ciência da computação, ou em sistemas de informação ou em áreas afins.

O candidato selecionado vai atuar no Serviço de Gestão de Tecnologia da Informação – SeGTI da Fiocruz Amazônia, onde irá executar programação de sistemas, realizar pesquisas, verificar e examinar demandas, além de propor e cumprir cronograma de execução de trabalhos, dentre outras atividades.  Para tanto, espera-se que o interessado tenha conhecimento em tecnologias PHP, JAVASCRIPT, HTML5, CSS3; Banco de dados MySQL , e em servidores Linux Debian.

A carga horária é de 40h semanais. O valor da bolsa varia de acordo com tempo de experiência profissional de R$ 2.156,00 a R$ 3.440,00. Os interessados devem enviar currículo ao e-mail segti.ilmd@fiocruz.br com cópia para segti.ilmd@gmail.com até o dia 17/4/2019, indicando no assunto: “Seleção de Programador ILMD – e o nome do candidato”.

A bolsa é por 12 meses, podendo ser prorrogada. O início das atividades está previsto para o próximo dia 2 de maio. A seleção será feita por meio de análise curricular e provas objetiva e prática.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas

Fiocruz Amazônia seleciona bolsista da área de biológicas para atuar em projeto de controle do Aedes

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) seleciona bolsista da área de ciências biológicas para atuar em projeto de controle do Aedes. Os interessados têm até sexta-feira, 12/4, para enviarem currículo lattes para os seguintes e-mails: jose.carvajal@fiocruz.br e carla.depaula@fiocruz.br.

O candidato selecionado vai atuar no projeto “Controle vetorial de Aedes aegypti e Ae. albopictus com Estações  Disseminadores de Larvicida”. Para concorrer à vaga, é necessário ter graduação em ciências biológicas ou áreas afins, ter cursado ou estar cursando mestrado em saúde pública, medicina tropical ou áreas afins, com a comprovação de experiência em biologia e ecologia de vetores e/ou entomologia médica e análises de dados.

A bolsa tem vigência de 6 meses, podendo ser prorrogável por mais 6 meses. O valor mensal é de R$ 3.520,00. A carga horária de trabalho é de 40h semanais.

O candidato aprovado vai trabalhar como apoio à coordenação técnica do projeto, prestando auxílio na supervisão do trabalho de campo, supervisão do trabalho no laboratório/ insetário, supervisão e análise dos dados, e emissão de relatórios.

Saiba mais sobre o projeto:

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Imagem: Mackesy Nascimento

 

Divulgada a homologação das inscrições do curso de mestrado do PPGVIDA

Divulgado hoje (4/4), o resultado da primeira etapa do processo seletivo do curso de mestrado do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA), do Instituo Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia).

O resultado refere-se à homologação das inscrições e fornece informações sobre o local das provas de Saúde Coletiva e conhecimentos específicos.

O período para interposição de recursos das inscrições não homologadas ocorre nos dias 5 e 8/4, na sede da Fiocruz Amazônia, situada à Rua Teresina, 476, Adrianópolis, Manaus (AM). .

Os candidatos que tiveram suas inscrições homologadas estão aptos a seguir para a segunda etapa, que compreende a submissão à prova escrita, a ser realizada no ILMD/Fiocruz Amazônia, no dia 10/4, de 9h às 11h (Prova de Saúde Coletiva), e de 14h às 17h (Prova de conhecimentos específicos).

O resultado da homologação das inscrições está disponível no sistema Sigass em: http://www.sigass.fiocruz.br/pub/inscricao.do?codP=120

SOBRE O CURSO

O PPGVIDA – ILMD/Fiocruz Amazônia é um programa de pós-graduação que tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O curso é em regime integral e as aulas estão previstas para iniciar dia 5 de agosto deste ano. Ao final do mestrado, o egresso do curso receberá diploma de Mestre em Saúde Pública.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes

 

Fiocruz Amazônia abre vagas para curso de atualização sobre caracterização de proteínas por métodos biofísicos

Estão abertas as inscrições para o curso “Caracterização de proteínas por métodos biofísicos: proteômica – modelagem molecular – biologia molecular”, uma atividade promovida pelo Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) em parceria com a Fiocruz Ceará e com a Rede de Plataformas Tecnológicas da Fiocruz.

O curso é de atualização, destinado a alunos de graduação e pós-graduação das áreas de Biologia, Ciências Biomédicas, da Saúde e afins. Será realizado no período de 22 a 25 de abril, das 9h às 17h, na sede da Fiocruz Amazônia, à Rua Teresina, 476, Adrianópolis, Manaus.

A atividade visa apresentar aos alunos a fundamentação teórica necessária para a caracterização de proteínas por proteômica, biologia molecular e modelagem molecular, além de oferecer aos alunos informações (princípios, ferramentas e aplicações) sobre diferentes temas associados ao estudo de proteína, que possibilitem aplicabilidade desse conhecimento.

As aulas serão expositivas e participativas, utilizando metodologias ativas que combinam apresentação de conceitos, acompanhadas de discussões de artigos ou resultados encontrados, com exercícios dos conteúdos apresentados.

O curso é gratuito e tem carga horária de 25h. Estão sendo oferecidas 30 vagas. As inscrições são feitas pelo Campus Virtual da Fiocruz.

Para se inscrever, clique.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Imagem: Mackesy Pinheiro

“Adesividade e imunogenicidade na Malária Vivax” será tema do Centro de Estudos da Fiocruz Amazônia

O Centro de Estudos do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) promove na próxima sexta-feira, 5/4, a partir de 10h, na Sala de aula 101, primeiro andar da Unidade, a palestra “Adesividade e imunogenicidade na Malária Vivax”, a ser ministrada pela pesquisadora Letusa Albrecht, do Instituo Carlos Chagas (ICC/ Fiocrux Paraná).

SOBRE A PALESTRANTE

Letusa Albrecht é graduada em Ciencias Biologicas pela Universidade do Vale do Itajaí e doutora em Ciências (Biologia da Relação Patógeno-Hospedeiro) pela Universidade de São Paulo.

Possui experiência na área de Parasitologia, Imunologia e Biologia Molecular com ênfase em Protozoologia. Investiga o processo de formação de rosetas em malaria, com foco em Plasmodium vivax. Atua principalmente nos seguintes temas: malária, variação antigênica candidatos vacinais, mapeamento de epitopos, e rosetas.

CENTRO DE ESTUDOS

O Centro de Estudos do ILMD/Fiocruz Amazônia é um núcleo que oportuniza encontros, palestras, seminários e debates sobre diversos temas ligados à pesquisa e ao ensino para a promoção da saúde.

Os eventos são gratuitos e ocorrem às sextas-feiras. As atividades são destinadas a estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores, professores e trabalhadores da área da Saúde.

ILMD/ Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Imagem: Mackesy Nascimento

Fiocruz Amazônia recebe inscrições para mestrado até segunda-feira,  1º de abril

O Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) oferece 17 vagas para o curso de mestrado acadêmico do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA). As inscrições podem ser feitas até 1º de abril, segunda-feira.

As vagas são divididas em duas linhas de pesquisa: Fatores sociobiológicos no processo saúde-doença na Amazônia, com onze vagas; e Processo Saúde-Doença e Organização da Atenção a populações indígenas e outros grupos em situações de vulnerabilidade, com seis vagas.

O curso é em regime integral e as aulas estão previstas para iniciar em agosto deste ano.

As inscrições são feitas pela internet por meio da Plataforma Siga, da Fiocruz. O candidato deve preencher o formulário de inscrição nesta plataforma, anexar os documentos solicitados e pagar a taxa de inscrição.

Para mais informações, consulte o edital na Plataforma Siga.

SOBRE O CURSO

O curso de mestrado em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos, capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O PPGVIDA também visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas

Centro de Estudos vai abordar “Estudo da translocação nuclear do receptor EGFR em células tumorais”

O Centro de Estudos do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) promove na próxima sexta-feira, 29/3, a partir de 10h, na Sala de aula 1, prédio anexo da Unidade, a palestra “Estudo da translocação nuclear do receptor EGFR em células tumorais”, a ser ministrada pela pesquisadora Jerusa Araújo Quintão, professora da Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

SOBRE A PALESTRANTE

Jerusa é graduada em Bioquímica e mestre em Bioquimica Agricola, pela Universidade Federal de Viçosa, doutora em Bioquímica e Imunologia pela Universidade Federal de Minas Gerais, com período sandwich no Departamento de Medicina Interna – Yale University.

Atualmente é professora de Bioquímica no Departamento de Ciências Fisiológicas/ ICB da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Possui experiência na área de Bioquímca com ênfase em Biologia Celular e Molecular, atuando principalmente em estudos funcionais em linhagens celulares.

CENTRO DE ESTUDOS

O Centro de Estudos do ILMD/Fiocruz Amazônia é um núcleo que oportuniza encontros, palestras, seminários e debates sobre diversos temas ligados à pesquisa e ao ensino para a promoção da saúde.

Os eventos são gratuitos e ocorrem às sextas-feiras. As atividades são destinadas a estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores, professores e trabalhadores da área da Saúde.

ILMD/ Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Imagem: Mackesy Nascimento