Fiocruz Amazônia retoma seu Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) com a reestruturação da Assessoria de Gestão da Qualidade

O Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD) é um conjunto de políticas, procedimentos, práticas e processos organizacionais que visam garantir a qualidade dos produtos e serviços fornecidos pela instituição. Ele engloba estratégias e ações para assegurar que os processos internos sejam bem estruturados, eficientes e consistentes, resultando na satisfação dos clientes, colaboradores e outras partes interessadas. O SGQ do ILMD é baseado em padrões e normas internacionais reconhecidas, como a ISO 17025, que é uma referência para sistemas. Esse sistema busca a melhoria contínua, sendo conduzido por uma abordagem de ciclo PDCA (Plan, Do, Check, Act), em que cada etapa é planejada, executada, monitorada e aprimorada de forma sistemática.

Além disso, o SGQ do ILMD está em conformidade com as diretrizes e políticas estabelecidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), à qual o instituto está vinculado. O SGQ é liderado pela Assessoria de Gestão da Qualidade, que é responsável por coordenar, orientar e monitorar as ações relacionadas à qualidade em toda a instituição.

A responsável por essa assessoria será a engenheira florestal Ângela Alves da Silva, mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais, que ocupará o cargo anteriormente exercido pela Servidora Michele Silva de Jesus, que precisou se afastar para cursar o Doutorado. Ângela Alves traz consigo experiência na área, trabalhando com Gestão da Qualidade desde 2006, com passagens pela Fucapi e pelo Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA).

Ângela Alves afirma que o trabalho se iniciará com o mapeamento dos processos administrativos e fluxos, a fim de enxergar como estão funcionando e visualizar as oportunidades de melhoria. “Buscaremos implementar a melhoria de qualidade para o ILMD, atendendo, por exemplo, as normativas de competências de laboratórios de pesquisa e de serviços, começando pelo diagnóstico para, em seguida, partir para o planejamento das ações e, por fim, a acreditação dos setores”.

Para o vice-diretor de Gestão e Desenvolvimento Institucional da Fiocruz Amazônia, Aldemir Maquiné, a reestruturação da Assessoria de Gestão da Qualidade no Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), além de cumprir o previsto  no Artigo 26, do Regimento Interno do ILMD/Fiocruz Amazônia, tem como objetivo resgatar e implementar o sistema local de gestão da qualidade da instituição, incluindo processos, técnicas e estratégias para garantir a entrega de produtos e serviços conforme as expectativas de acordo com as normas e regulamentos nacionais e internacionais de gestão da qualidade, alinhando-se às políticas governamentais da administração pública federal”, explica Maquiné.

Dentre as principais competências e atribuições do Sistema de Gestão da Qualidade do ILMD, podemos destacar:

O SGQ do ILMD tem como objetivo proporcionar a excelência na prestação de serviços, na realização de pesquisas e na formação de recursos humanos, contribuindo para o avanço científico e tecnológico na área de saúde, especialmente nas questões relacionadas à Amazônia e suas peculiaridades.