Posts

Fiocruz Amazônia articula a realização de atividades de formação para o SUS em Uarini (AM)

A direção do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) recebeu no dia 14/2, Orivane Cordovil Lopes, secretária de Saúde do município de  Uarini (AM) para tratar de atividades de formação para o Sistema Único de Saúde (SUS) na região, iniciando com uma oficina a ser realizada nos dias 17 e 18 de março, na comunidade flutuante de São Raimundo do Jarauá – Setor Jarauá, em Uarini.

O encontro  foi articulado pelo pesquisador da Fiocruz Amazônia, Marcílio Medeiros, membro do Laboratório Território, Ambiente, Saúde e Sustentabilidade (TASS), que irá ministrar a oficina. Segundo ele, a atividade proposta integra o projeto de pesquisa “Atenção à saúde das populações do campo, da floresta e das águas: perspectivas de um sistema de garantias de direitos para as populações ribeirinhas das unidades de conservação ambiental”,  amparado pelo edital Novos Talentos da Fiocruz.

Marcílio explica que a articulação com as comunidades dos municípios de Alvarães, Fonte Boa, Japurá, Jutaí, Maraã, Tonantins e Uarini que compõem a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (RDSM) são feitas desde o ano passado, com a devolutiva de sua pesquisa.

“Na oportunidade, lá fizemos o Curso de Conselheiros Municipais de Saúde e ministramos palestra na Conferência Municipal de Saúde. Em agosto de 2019, nós realizamos em Fonte Boa a Oficina de Trabalho de Apresentação dessa estruturação do Sistema de Garantia de Direitos, reunimos todos os setores dos governos municipais e tivemos a participação do Ministério Público, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS) e da Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam), no sentido de apresentar e corresponsabilizar todos os atores para a construção desse sistema”.

Para o diretor do ILMD/Fiocruz Amazônia, Sérgio Luz, trabalhar de forma articulada com as instituições e organizações sociais nos municípios é imprescindível para o conhecimento da realidade local e para a realização de um trabalho efetivo nas comunidades, o que impacta favoravelmente para o bom desempenho dos trabalhadores do SUS. Neste sentido ela falou sobre o Projeto QualifacaSUS, da Fiocruz Amazônia.

“O projeto QualificaSUS é uma outra oportunidade de estarmos contribuindo para a qualidade do serviço e efetividade aos usuários do SUS, pois essa iniciativa tem como objetivo qualificar o corpo de trabalhadores que atua na gestão e no atendimento das Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Amazonas e em órgãos parceiros”, comentou.

Orivane Lopes manifestou estar muito otimista e esperançosa em relação à parceria do município de Uarini com a Fiocruz Amazônia.

“A gente sabe o quanto é importante a parceria dos municípios com a Fiocruz, especialmente pela facilidade de que as pessoas, profissionais, tanto do nível superior, quanto do médio, podem aproveitar e aprender para melhorar os atendimentos da saúde, tanto nas comunidades ribeirinhas, quanto na própria sede do município. Então, a gente almeja o melhor para a população, nesse quesito”, disse.

Marcilio informou ainda que a referida formação no Jarauá antecederá as atividades da XXVIII Assembleia Geral da RDSM que reunirá moradores(as), trabalhadores(as) e lideranças das associações das 200 comunidades da Reserva, além de técnicos e gestores das secretarias municipais e estaduais. A Assembleia acontecerá no período de 19 a 22 de março de 2020, no município de Uarini/AM

Sérgio Luz adiantou que outras iniciativas de saúde podem acontecer nesse período, e que para isso buscará parcerias com outras instituições, para a realização de serviços de saúde durante a Assembleia Geral da RDSM.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Fotos: Marlúcia Seixas

Fiocruz Amazônia abre inscrições para especialização em Gestão das Organizações Públicas de Saúde em Manaus

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) lançou processo seletivo para o curso de especialização em Gestão das Organizações Públicas de Saúde,  a ser realizado em Manaus(AM). As inscrições são online  e podem ser feitas no  período de 13 a 28 de fevereiro.

O curso se destina a profissionais com nível superior que atuam na área de gestão da Atenção Básica. Para o processo seletivo estão sendo ofertadas 50 vagas.

A especialização acontece no âmbito do Projeto QualificaSUS, que é apoiado por emenda parlamentar da bancada do Amazonas. Para esta atividade, a Fiocruz Amazônia conta com parceria do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems-AM).

Confira o edital AQUI

O processo seletivo simplificado para o curso se dará em duas etapas eliminatórias: homologação das inscrições e  análise documental para efeito de pontuação.

Esclarecimentos sobre os documentos e envio da inscrição podem ser solicitados somente através do endereço eletrônico duvidaslato.ilmd@fiocruz.br

Para se inscrever, o candidato deve apresentar a documentação solicitada no edital. Para efetivar a inscrição, o candidato deve enviar toda documentação exigida, digitalizada em um único arquivo, no formato “pdf”, de até 10MB, para o endereço eletrônico inscricaolato.ilmd@fiocruz.br

Acesse o edital.

SOBRE O QUALIFICASUS

O Projeto QualificaSUS  é uma iniciativa do ILMD/Fiocruz Amazônia, que tem como objetivo qualificar o corpo de trabalhadores que atuam na gestão e no atendimento das Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Amazonas e em órgãos parceiros, a fim de proporcionar um serviço de melhor qualidade e efetividade aos usuários do SUS.

São cursos de atualização, especialização e mestrado que adotam modelo pedagógico pautado na integração ensino-serviço, na problematização da realidade local, na valorização do conhecimento e experiência do trabalhador, entendido como sujeito das práticas desenvolvidas nas unidades de saúde.

Os cursos estão sendo ofertados em todos os 61 municípios, além da capital Manaus. A iniciativa conta com recursos oriundos de emenda parlamentar da bancada do Amazonas e com parceria do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas (Cosems-AM).

Atualmente, a Fiocruz Amazônia, por meio do Projeto QualificaSUS, realiza um curso de mestrado profissional, em Manaus;  mais 4 cursos  de pós-graduação lato sensu, que acontecem nos municípios de Tabatinga, Itacoatiara, Tefé e Maués; e 33 cursos de atualização para profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS) no Amazonas.

O edital e demais chamadas públicas da Fiocruz Amazônia estão disponíveis em https://amazonia.fiocruz.br/?page_id=28031

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Imagem: Mackesy Nascimento

 

Fiocruz Amazônia inicia especialização em Gestão das Organizações Públicas de Saúde em Maués (AM), por meio do Projeto QualificaSUS

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) iniciou na segunda-feira, 10/2, a segunda turma do curso de especialização em Gestão das Organizações Públicas de Saúde, pelo Projeto QualificaSUS . A nova turma acontece em Maués, e vai atender a profissionais de saúde daquela cidade e de municípios do entorno.

A abertura do curso aconteceu no auditório do Hospital Raimunda Francisca Dinelly “Dona Mundiquinha” e contou com a presença de autoridades locais e alunos do curso. As aulas estão sendo realizadas em sala da unidade da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) no município.

Durante o evento, o secretário de Saúde de Maués, Franmartony Firmo, destacou a importância do curso para os profissionais de saúde que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS), para que possam compreender e colaborar para a melhoria da gestão das unidades de saúde da região.

“É uma grande oportunidade para os profissionais de saúde e para a população de Maués, um curso desse nível oferecido pela Fiocruz Amazônia, aqui. Acho que é um grande ganho para o município, para os profissionais e para as pessoas. Só temos a agradecer à Fiocruz Amazônia, agradecer ao Cosems Amazonas, à Susam e à a Prefeitura de Maués”, comentou Franmartony.

Na oportunidade, o coordenador do curso, Riter Lucas Garcia, falou sobre a metodologia do curso e da importância da participação dos alunos, uma vez que o curso é modular, com aulas que acontecem uma vez por mês durante uma semana.

Giovana Brandão Farias, aluna do curso.

Para a aluna do curso, Giovana Brandão Farias, que atua como coordenadora da Atenção Básica  em Saúde, a oportunidade de fazer uma especialização nessa área em Maués, é única. “Eu vi essa oportunidade como única, pois eu tenho a facilidade de fazer a pós-graduação no município onde eu trabalho, sem ter a dificuldade de deslocamento, de gastos e é uma especialização que está na minha rotina de trabalho. Então, eu acredito que não só para mim, como para os meus colegas, temos conhecimento a aprender e colocar em prática”, disse.

Também aluno do curso,  José Eduardo Bragança dos Santos, farmacêutico e bioquímico, concursado do estado e do município disse estar motivado para as aulas. “É uma satisfação muito grande participar do curso,  é o segundo que eu participo, ministrado pela Fiocruz,  e isso engrandece o nosso currículo e a gestão. A gestão, que é algo muito importante, que a gente precisa estar se qualificando e repassando essas informações para a população”, comentou.

 

SOBRE O QUALIFICASUS

O Projeto QualificaSUS  é uma iniciativa do ILMD/Fiocruz Amazônia  que tem como objetivo qualificar o corpo de trabalhadores no nível da gestão e do serviço das Secretarias Municipais de Saúde do Amazonas e órgãos parceiros, a fim de proporcionar um serviço de melhor qualidade e efetividade aos usuários do SUS.

São cursos de atualização, especialização e mestrado profissional  que adotam modelo pedagógico pautado na integração ensino-serviço, na problematização da realidade local, na valorização do conhecimento e experiência do aluno trabalhador, entendido como sujeito das práticas de gestão e sanitárias desenvolvidas nas unidades de saúde.

Os cursos são ofertados em todos os 61 municípios, além da capital Manaus. A iniciativa conta com apoio de emenda da bancada parlamentar do Amazonas e com parceria do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas (Cosems-AM).

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Fotos: Marlúcia Seixas

Fiocruz Amazônia realizará curso de  especialização em Vigilância em Saúde na Rede de Atenção Primária à Saúde em Manacapuru

A direção do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) recebeu nesta terça-feira (4/2) o secretário de Saúde do município de Manacapuru (AM), Rodrigo Balbi, para definir tratativas para a realização de mais um curso de especialização em Vigilância em Saúde na Rede de Atenção Primária à Saúde, a ser oferecido no âmbito do Projeto QualificaSUS.

O curso será gratuito e destina-se a profissionais de nível superior que atuam em unidades básicas de saúde ou em unidades de saúde da família em Manacapuru e municípios vizinhos. As aulas são realizadas em período integral (matutino e vespertino), em sistema modular, uma semana por mês, de segunda a sábado.

O objetivo do curso é qualificar profissionais que atuam em cuidados primários de saúde para implantação e desenvolvimento de ações de Vigilância em Saúde no plano territorial-local, promovendo a integração entre oferta de cuidados da atenção primária à saúde e ações de vigilância na rede básica de serviços de saúde.

O diretor do ILMD/Fiocruz Amazônia, Sérgio Luz, explica que o Projeto QualificaSUS tem tido um alcance muito grande no Amazonas. “O QualificaSUS possibilitou em 2019 a realização de 48 turmas de cursos de atualização em 29 municípios. Estão em andamento 4 turmas de cursos de especialização e uma de mestrado profissional. Só neste início de 2020, estamos com 7 turmas de atualização acontecendo em São Gabriel da Cachoeira (2), Barcelos, Santa Isabel do Rio Negro, Autazes, Careiro da Várzea, e Manaquiri, além de  Manaus (4)”.

Rodrigo Balbi disse estar muito animado com a possibilidade de que o curso se realize em Manacapuru, especialmente por ser uma especialização a ser oferecida pela Fiocruz, uma instituição pela qual tem muito apreço, pois é egresso da pós-graduação da Fiocruz. “Desde que soube desta oportunidade fiquei muito feliz em poder proporcionar para os nossos trabalhadores essa capacitação, pois eu acredito muito e tenho muita fé nesta instituição”, comentou.

O edital está previsto para ser lançado no início do mês de maio e o curso de especialização em Vigilância em Saúde na Rede de Atenção Primária à Saúde deve iniciar em junho deste ano,  com 50 alunos.

PÚBLICO-ALVO

O curso será destinado aos profissionais de nível superior que desempenham suas funções e/ou atividades em unidades básicas de saúde e/ou unidades de saúde da família, ou equivalente.

SOBRE O QUALIFICASUS

O Projeto QualificaSUS  é uma iniciativa do ILMD/Fiocruz Amazônia  que tem como objetivo qualificar o corpo de trabalhadores no nível da gestão e do serviço das Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Amazonas e órgãos parceiros, a fim de proporcionar um serviço de melhor qualidade e efetividade aos usuários do SUS.

São cursos de atualização, especialização e mestrado que adotam modelo pedagógico pautado na integração ensino-serviço, na problematização da realidade local, na valorização do conhecimento e experiência do aluno trabalhador, entendido como sujeito das práticas de gestão e sanitárias desenvolvidas nas unidades de saúde.

Os cursos são ofertados em todos os 61 municípios do Amazonas, além da capital Manaus. A iniciativa conta com apoio da bancada parlamentar do Amazonas e com parceria do onselho dos Secretários Municipais de Saúde do Amazonas  (Cosems-AM).

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Fotos: Marlúcia Seixas

Prorrogadas as inscrições para curso de especialização em Gestão das Organizações Públicas de Saúde

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) prorrogou para quarta-feira, 15/01, as inscrições para o processo seletivo do curso de pós-graduação lato sensu em Gestão das Organizações Públicas de Saúde, que será realizado no município de Maués (AM).

Confira aqui a republicação do edital.

O curso é gratuito e podem participar da seleção profissionais com nível superior, que atuam no município de Maués e arredores, desempenhando atividades na área de gestão da Atenção Básica da Saúde.

A especialização é promovida pelo ILMD/Fiocruz Amazônia e acontece no âmbito do Projeto QualificaSUS, Para esta ação, a Fiocruz Amazônia conta com parceria do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems-AM).

Para o curso estão sendo ofertadas 50 vagas. A especialização tem duração de 12 meses, tempo em que o aluno deverá cursar 400 horas em disciplinas e realizar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Esclarecimentos sobre os documentos e envio da inscrição podem ser solicitados somente através do endereço eletrônico duvidaslato.ilmd@fiocruz.br. Para se inscrever, o candidato deve apresentar a documentação solicitada no edital. A inscrição é feita apenas por e-mail. Para efetivar sua inscrição, o candidato deve enviar toda documentação exigida, digitalizada em um único arquivo, no formato “pdf” de até 10MB, para o endereço eletrônico inscricaolato.ilmd@fiocruz.br

SOBRE O QUALIFICASUS

O Projeto QualificaSUS  é uma iniciativa do ILMD/Fiocruz Amazônia  que tem como objetivo qualificar o corpo de trabalhadores que atuam gestão e no atendimento das Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Amazonas e órgãos parceiros, a fim de proporcionar um serviço de melhor qualidade e efetividade aos usuários do SUS.

São oferecidos cursos de atualização, especialização e mestrado que adotam modelo pedagógico pautado na integração ensino-serviço, na problematização da realidade local, na valorização do conhecimento e experiência do trabalhador, entendido como sujeito das práticas desenvolvidas nas unidades de saúde.

Os cursos estão sendo ofertados em todos os 61 municípios, além da capital Manaus. A iniciativa conta com recursos oriundos de emenda parlamentar da bancada do Amazonas. Atualmente, a Fiocruz Amazônia, por meio do Projeto QualificaSUS, realiza um curso de mestrado profissional, em Manaus,  mais 3 cursos  de pós-graduação lato sensu, que acontecem nos municípios de Tabatinga, Itacoatiara e Tefé, além de 33 cursos de atualização para profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS) nos municípios do Amazonas.

Para acessar este edital e demais chamadas públicas da Fiocruz Amazônia, clique.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Imagem: Mackesy Nascimento

 

 

Fiocruz Amazônia abre inscrições para especialização em Gestão das Organizações Públicas de Saúde em Maués

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) lançou processo seletivo para o curso de especialização em Gestão das Organizações Públicas de Saúde, que será realizado no município de Maués (AM). As inscrições podem ser feitas no período de 12/12/2019 a 8 de janeiro de 2020.

O curso visa o aperfeiçoamento do processo de gestão, planejamento e orçamento público dos sistemas e serviços de saúde em qualquer nível de organização, para a melhoria do desempenho institucional.  É destinado a profissionais com nível superior, que atuam no município de Maués e arredores, desempenhando atividades na área de gestão da Atenção Básica.

A especialização em Maués é realizada pelo ILMD/Fiocruz Amazônia e acontece no âmbito do Projeto QualificaSUS, que é apoiado por emenda parlamentar da bancada do Amazonas. Para esta atividade, a Fiocruz Amazônia conta com parceria do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems-AM).

Confira o edital AQUI

O curso é gratuito e, para esta chamada, estão sendo ofertadas 50 vagas. A especialização tem duração de 12 meses, tempo em que o aluno deverá cursar 400 horas em disciplinas e realizar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Esclarecimentos sobre os documentos e envio da inscrição podem ser solicitados somente através do endereço eletrônico duvidaslato.ilmd@fiocruz.br

O processo seletivo simplificado para o curso é composto por duas etapas:  homologação das inscrições e análise documental para efeito de pontuação.

Para se inscrever, o candidato deve apresentar a documentação solicitada no edital. A inscrição é feita apenas por e-mail. Para efetivar sua inscrição, o candidato deve enviar toda documentação exigida, digitalizada em um único arquivo, no formato “pdf” de até 10MB, para o endereço eletrônico inscricaolato.ilmd@fiocruz.br

As inscrições encerram às 15h (horário de Manaus/AM) do dia 8 de janeiro de 2020,  conforme o edital. Documentos enviados após o período da inscrição não serão aceitos pela Comissão de Seleção.

SOBRE O QUALIFICASUS

O Projeto QualificaSUS  é uma iniciativa do ILMD/Fiocruz Amazônia  que tem como objetivo qualificar o corpo de trabalhadores que atuam gestão e no atendimento das Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Amazonas e órgãos parceiros, a fim de proporcionar um serviço de melhor qualidade e efetividade aos usuários do SUS.

São cursos de atualização, especialização e mestrado que adotam modelo pedagógico pautado na integração ensino-serviço, na problematização da realidade local, na valorização do conhecimento e experiência do trabalhador, entendido como sujeito das práticas desenvolvidas nas unidades de saúde.

Os cursos estão sendo ofertados em todos os 61 municípios, além da capital Manaus. A iniciativa conta com recursos oriundos de emenda parlamentar da bancada do Amazonas e com parceria do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas (Cosems-AM).

Atualmente, a Fiocruz Amazônia, por meio do Projeto QualificaSUS, realiza um curso de mestrado profissional, em Manaus;  mais 3 cursos  de pós-graduação lato sensu, que acontecem nos municípios de Tabatinga, Itacoatiara e Tefé; e 33 cursos de atualização para profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS) nos municípios do Amazonas.

O edital e demais chamadas públicas da Fiocruz Amazônia estão disponíveis em https://amazonia.fiocruz.br/?page_id=28031

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Imagem: Mackesy Nascimento

Projeto QualificaSUS da Fiocruz Amazônia inicia especialização em Saúde em Tefé (AM)

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) iniciou na segunda-feira, 9/12, mais uma turma de especialização pelo Projeto QualificaSUS. A pós-graduação lato sensu em Vigilância em Saúde na Rede de Atenção Primária à Saúde acontece no município de Tefé, que fica a 522km de distância de Manaus, em linha reta.

Estiveram na mesa de abertura do curso,  o prefeito de Tefé, Normando Bessa de Sá, a secretária municipal de Saúde, Maria Adriana Moreira, o presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas (Cosems-AM), Januário da Cunha Neto, a representante da unidade municipal do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), Nancy Moreira, e o coordenado do curso Bernardino Cláudio Albuquerque.

A solenidade iniciou com a apresentação do vídeo institucional da “Fiocruz: ciência e saúde para todos”, seguido do vídeo de boas-vindas do diretor do ILMD/Fiocruz Amazônia, Sérgio Luz, que não podê estar na aula inaugural, mas enviou saudações aos novos alunos.

Em sua fala, Sérgio Luz comentou sobre a magnitude do Projeto QualificaSUS e do desafio de oferecer cursos presenciais de qualificação para os profissionais que trabalham no Sistema Único de Saúde (SUS) nos 61 municípios e na capital do Amazonas, nas modalidades de atualização, especialização e mestrado profissional.

Para a secretária Adriana Moreira, o curso atende aos anseios dos profissionais de saúde e da gestão de saúde de Tefé. “É um privilégio. Somos premiados com o curso de especialização no município. Esperamos que os alunos nos dêem retorno nas ações nas suas unidades de saúde, quer seja no hospital, nas unidades básicas,  ou na área ribeirinha, para colocar em prática o que eles vão aprender. Nosso município é endêmico para malária, para dengue e vamos aproveitar o aprendizado para colocá-lo à serviço da população”.

A especialização destina-se aos profissionais de nível superior que atuam no município e entorno, desempenhando suas funções e/ou atividades em unidades básicas de saúde e/ou unidades de saúde da família, ou equivalente, na microrregião do Alto Solimões.

Participaram também da abertura do curso os vereadores José Olavo e Daniel Barbosa.

Para esta atividade do Projeto QualificaSUS, a Fiocruz Amazônia contou com o apoio do Cosems-AM, do Cetam e da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

SOBRE O CURSO

Esta é a segunda turma de especialização em Vigilância em Saúde na Rede de Atenção Primária à Saúde oferecida pelo ILMD/Fiocruz Amazônia, por meio do Projeto QualificaSUS. A primeira foi iniciada em agosto deste ano, no município de Tabatinga (AM), para capacitação de profissionais de saúde que atuam na tríplice fronteira Brasil-Colômbia-Peru.

O curso é presencial, realizado em período integral (matutino e vespertino), em sistema modular, uma semana por mês, seu objetivo é qualificar profissionais que atuam em cuidados primários de saúde para implantação e desenvolvimento de ações de Vigilância em Saúde no plano territorial-local, promovendo a integração entre oferta de cuidados de APS e ações de vigilância na rede básica de serviços de saúde.

TURMA DE TEFÉ

O curso é coordenado pelo professor Bernardino Albuquerque, da Fiocruz Amazônia. Para esta turma foram selecionados 51 alunos que participarão das 10 disciplinas oferecidas pela especialização, que tem a carga horária de 460 horas.

O certificado será destinado aos alunos que concluírem toda a carga horária e defenderem o trabalho de conclusão.

Para a enfermeira da Atenção Básica do município de Maraã, Débora da Silva Neves, aluna do curso,  a capacitação vem atender aos desejos dos profissionais de saúde daquela região. “Estou formada há um bom tempo, e a oportunidade de fazer uma pós-graduação aqui em Tefé, que é um município próximo,  me causou uma certa ansiedade. Minha expectativa é de que vai ser tudo bom, de que a gente vai ter bastante conhecimento para levar para as nossas atividades e nossa população”.

Para dar apoio à turma, a enfermeira Teresa Prado, peruana, que trabalha há 15 anos na saúde do município de Tefé, também participou da abertura do curso. “Quero desejar um bom curso para nossos colegas. A oportunidade está sendo dada, através dos conhecimentos que vão adquirir aqui, agora a habilidade para aplicar em serviço depende de cada um, espero que esse conhecimento seja levado para a nossa realidade, para sabermos operacionalizar e avançar.  No Amazonas, temos as mesmas endemias, mas não temos às vezes  o apoio necessário, por isso esse curso é importante”, comentou.

SOBRE O QUALIFICASUS

O Projeto QualificaSUS  é uma iniciativa do ILMD/Fiocruz Amazônia  que tem como objetivo qualificar o corpo de trabalhadores no nível da gestão e do serviço das Secretarias Municipais de Saúde do Amazonas e órgãos parceiros, a fim de proporcionar um serviço de melhor qualidade e efetividade aos usuários do SUS.

São cursos de atualização, especialização e mestrado que adotam modelo pedagógico pautado na integração ensino-serviço, na problematização da realidade local, na valorização do conhecimento e experiência do aluno trabalhador, entendido como sujeito das práticas de gestão e sanitárias desenvolvidas nas unidades de saúde.

Os cursos são ofertados em todos os 61 municípios, além da capital Manaus. A iniciativa conta com apoio de emenda da bancada parlamentar do Amazonas e com parceria do Cosems-AM.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Fotos: Marlúcia Seixas

Fiocruz Amazônia inicia especialização em Tefé (AM), pelo Projeto QualificaSUS

No município de Tefé (AM) inicia na segunda-feira, 9/12, o curso lato sensu em Vigilância em Saúde na Rede de Atenção Primária.  O curso é mais uma oportunidade de especialização, oferecida a trabalhadores graduados das secretarias municipais de saúde do Amazonas, no âmbito do Projeto QualificaSUS.

Para esta ação de ensino, o ILMD/Fiocruz Amazônia conta com a parceria do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems-AM) e apoio de emenda parlamentar da bancada do Amazonas.

O quê? Aula inaugural do Curso Vigilância em Saúde na Rede de Atenção Primária em Tefé

Quando? 9/12/2019

Hora? 8h30min

Onde? Auditório do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), localizado na Rua Olavo Billac, n° 341, Centro, no município de Tefé (AM).

O curso destina-se aos profissionais de nível superior de Tefé e entorno, que desempenham suas funções e/ou atividades em unidades básicas de saúde e/ou unidades de saúde da família, ou equivalente, na microrregião do Alto Solimões.

A turma inicia com 51 alunos. As aulas são presenciais, em sistema modular e acontecem em período integral (matutino e vespertino), uma semana por mês, de segunda a sábado. O curso tem duração de 12 meses, incluindo a apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Com coordenação do professor Bernardino Albuquerque, a especialização oferece 10 disciplinas, com carga horária de 460 horas, e estão envolvidos nesse processo 15 professores. O certificado será destinado aos alunos que concluírem toda a carga horária e defenderem o trabalho de conclusão.

O objetivo do curso é qualificar profissionais que atuam em cuidados primários de saúde para implantação e desenvolvimento de ações de Vigilância em Saúde no plano territorial-local, promovendo a integração entre oferta de cuidados de APS e ações de vigilância na rede básica de serviços de saúde.

Sobre o ‘QualificaSUS’

O Projeto QualificaSUS  é uma iniciativa do ILMD/Fiocruz Amazônia  que tem como objetivo qualificar o corpo de trabalhadores no nível da gestão e do serviço das Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Amazonas e órgãos parceiros, a fim de proporcionar um serviço de melhor qualidade e efetividade aos usuários do SUS.

São cursos de atualização, especialização e mestrado que adotarão modelo pedagógico pautado na integração ensino-serviço, na problematização da realidade local, na valorização do conhecimento e experiência do trabalhador, entendido como sujeito das práticas de gestão e sanitárias desenvolvidas nas unidades de saúde.

Os cursos serão ofertados em todos os 61 municípios, além da capital Manaus. A iniciativa conta com recursos oriundos de emenda parlamentar da bancada do Amazonas e com parceria do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas (Cosems-AM).

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Diovana Rodrigues
Imagem: Mackesy Pinheiro

 

Começam as aulas do Mestrado Profissional em Saúde Pública, da Fiocruz Amazônia

Iniciou nesta segunda-feira, 2/12, mais um curso no âmbito do Projeto QualificaSUS  do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia). Trata-se do Mestrado Profissional em Saúde Pública, que acontece em parceria com o Instituto Aggeu Magalhães (IAM/Fiocruz Pernambuco).

A turma é formada por 20 alunos, sendo 15 vagas ocupadas por profissionais das Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Amazonas e 5 servidores do ILMD/Fiocruz Amazônia.

A abertura das atividades do curso contou com as presenças do coordenador regional do mestrado Profissional em Saúde Pública do IAM/Fiocruz Pernambuco, Garibaldi Gurgel Jr., da vice-diretora de Ensino, Informação e Comunicação do ILMD/Fiocruz Amazônia, Claudia Ríos,  da vice-diretora de Ensino e Informação Científica do IAM/Fiocruz Pernambuco, Ana Paula Nascimento, do presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas  (Cosems/AM), Januário Carneiro da Cunha Neto, do presidente do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems) Willames Freire Bezerra, e do diretor do ILMD/Fiocruz Amazônia,  Sérgio Luz.

Sérgio Luz destacou a importância do curso e o desafio do Projeto QualificaSus de qualificar 5 mil profissionais de saúde em todo o Amazonas. “É com grande prazer que a gente recebe todos vocês aqui, para essa nova iniciativa, e, como todos sabem, corremos um pouco, para iniciar este curso em Dezembro e, com isso, mantemos o nosso cronograma do QualificaSus”, comentou.

Claudia Ríos disse que “essa primeira turma faz parte de um anseio das Secretarias de Saúde, do Cosems e da Fiocruz Amazônia. A gente fez reuniões e detectou a necessidade e estabelecemos esse curso como uma prioridade. O processo seletivo foi apertado, por ser em pouco tempo, mas tivemos 98 inscritos. Hoje, temos dentre os alunos pessoas de vários municípios”, comentou.

A aula inaugural do curso foi ministrada por Willames Freire Bezerra e teve como tema “O Financiamento da Saúde pelos Municípios”.

O curso tem como objetivo preparar profissionais para atuar como formadores e indutores de processos de mudança em seus espaços de trabalho, mediante a adoção de novos conceitos e práticas, desenvolvendo produtos de alta aplicabilidade ao desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

A TURMA

Para Sanay Souza Pedrosa, analista de situação de saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa) e aluna do novo curso de mestrado, “as expectativas em relação ao curso são as melhores possíveis. A gente passou por um processo de seleção bem tenso e isso faz com que a expectativa realmente aumente e, hoje, é só muita felicidade de fazer parte dessa turma”, comentou.

Fábio Cabral, servidor da  Fiocruz Amazônia, e aluno da nova turma,  salientou a importância do curso para sua formação, “é uma ótima oportunidade para nos qualificarmos, principalmente para os servidores que trabalham diariamente com o SUS”, comentou.

SOBRE O CURSO

O curso terá a duração de 24 meses, sendo composto de 11 disciplinas oferecidas de maneira presencial, durante uma semana a cada mês. Nos 13 meses seguintes, ocorrerão módulos semanais presenciais de imersão para aprofundamento da pesquisa bibliográfica e encontros sistemáticos com os orientadores.

As aulas da primeira disciplina acontecem de 2 a 6/12/2019, nas dependências do ILMD/Fiocruz Amazônia, à rua Teresina, 476, Adrianópolis, Manaus.

SOBRE O QUALIFICASUS

O Projeto QualificaSUS  é uma iniciativa do ILMD/Fiocruz Amazônia  que tem como objetivo qualificar o corpo de trabalhadores no nível da gestão e do atendimento das Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Amazonas e órgãos parceiros, a fim de proporcionar um serviço de melhor qualidade e efetividade aos usuários do SUS.

São cursos de atualização, especialização e mestrado que adotam modelo pedagógico pautado na integração ensino-serviço, na problematização da realidade local, na valorização do conhecimento e experiência do aluno trabalhador, entendido como sujeito das práticas de gestão e sanitárias desenvolvidas nas unidades de saúde.

Os cursos são ofertados nos 61 municípios, além da capital Manaus. A iniciativa conta com recursos oriundos de emenda da bancada parlamentar do Amazonas e com parceria do Cosems-AM.

Ascom ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Apoio; Diovana Rodrigues
Foto: Marlúcia Seixas

Aula inaugural do Mestrado Profissional em Saúde Pública será na segunda-feira, 2/12

Na segunda-feira, 2/12, o Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) recebe autoridades e alunos para a aula inaugural do curso de Mestrado Profissional em Saúde Pública.

O curso é oferecido no âmbito do Projeto QualificaSUS, da Fiocruz Amazônia, e será realizado por meio de  parceria com o Instituto Aggeu Magalhães  (IAM/Fiocruz Pernambuco) e Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas  (Cosems/AM).

A duração do mestrado é de 24 meses. O curso é presencial, sendo ofertadas 11 disciplinas, que acontecerão durante uma semana a cada mês. As aulas da primeira disciplina serão realizadas de 2 a 6/12/2019, nas dependências do ILMD/Fiocruz Amazônia, à rua Teresina, 476, Adrianópolis, Manaus.

O quê? Aula inaugural do curso de Mestrado Profissional em Saúde Pública

Quando? 2/12/2019

Hora? 9h30min

Onde? Salão Canoas, sede da Fiocruz Amazônia, à rua Teresina, 476, Adrianópolis, Manaus.

SOBRE O QUALIFICASUS

O Projeto QualificaSUS é uma iniciativa do ILMD/Fiocruz Amazônia e tem como objetivo qualificar o corpo de trabalhadores no nível da gestão e do atendimento das secretarias municipais de saúde do Amazonas e órgãos parceiros, a fim de proporcionar um serviço de melhor qualidade e efetividade aos usuários do SUS.

São cursos de atualização, especialização e mestrado que adotam modelo pedagógico pautado na integração ensino-serviço, na problematização da realidade local, na valorização do conhecimento e experiência do aluno trabalhador, entendido como sujeito das práticas de gestão e sanitárias desenvolvidas nas unidades de saúde.

Os cursos são ofertados nos 61 municípios, além da capital Manaus. A iniciativa conta com recursos oriundos de emenda da bancada parlamentar do Amazonas e com parceria do Cosems-AM.

Ascom ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Imagem: Mackesy Nascimento