Posts

Fiocruz Amazônia recebe inscrições para o PPGVIDA até 3 de julho

O Instituto Leônidas & Maria Deane  (ILMD/Fiocruz Amazônia) recebe até 3/7, as inscrições para o processo seletivo do Mestrado Acadêmico em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia  (PPGVIDA).

Para esta chamada pública estão sendo oferecidas 15 vagas nas seguintes linhas de pesquisa: Fatores sócio biológicos no processo saúde -doença na Amazônia (10 vagas);  e Processo saúde, doença e organização da atenção a populações indígenas e outros grupos em situações de vulnerabilidade (5 vagas).

Confira o edital.

SOBRE O PPGVIDA

O curso de mestrado em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos, capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O PPGVIDA também visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica.

 ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes

Resultado dos pedidos de isenção da taxa de inscrição do PPGVIDA

O Instituto Leônidas & Maria Deane  (ILMD/Fiocruz Amazônia) divulgou o resultado dos pedidos de isenção da taxa de inscrição da Chamada Pública Nº006/2020, referente ao processo seletivo do Mestrado Acadêmico em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia  (PPGVIDA).

O resultado está disponível na Plataforma SIGA da Fiocruz em http://www.sigass.fiocruz.br/pub/inscricao.do?codP=120

A inscrição para o processo seletivo inicia hoje, 15/6, e vai até o próximo dia 3 de julho.

Para esta chamada pública estão sendo oferecidas 15 vagas nas seguintes linhas de pesquisa: Fatores sócio biológicos no processo saúde -doença na Amazônia (10 vagas);  e Processo saúde, doença e organização da atenção a populações indígenas e outros grupos em situações de vulnerabilidade (5 vagas).

Confira o edital.

SOBRE O PPGVIDA

O curso de mestrado em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos, capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O PPGVIDA também visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica.

 ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas

Fiocruz Amazônia divulga Republicação de Chamada Pública do processo seletivo para o PPGVIDA

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) anuncia a Republicação da Chamada Pública N.006/2020, com alterações nos seguintes itens: Redução do valor da Taxa de Inscrição; Retirada da prova de inglês do processo seletivo e Modificação do cronograma do processo seletivo, para ingresso no Curso de Mestrado Acadêmico do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA).

Para a republicação clique AQUI

SOBRE O PPGVIDA

O curso de mestrado em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos, capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O PPGVIDA também visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica.

Ascom ILMD /Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Imagem: Mackesy Nascimento

 

Fiocruz Amazônia prorroga realização do processo seletivo para o PPGVIDA

Considerando a situação de pandemia instalada pela COVID-19, a Vice Diretoria de Ensino, Comunicação e Informação do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), divulgou nesta quinta-feira, 9/4, a prorrogação do Processo Seletivo do Mestrado Acadêmico em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA), objeto da Chamada Pública N.006/2020, foi prorrogado.

A VDEIC  Informou ainda, que no dia 14 de abril de 2020, será publicado o novo cronograma de realização do referido processo seletivo.

SOBRE O PPGVIDA

O curso de mestrado em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos, capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O PPGVIDA também visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica.

Ascom ILMD /Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes

Aula inaugural marca início do ano letivo na Fiocruz Amazônia

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) promoveu nesta segunda-feira, 2/3, a abertura do ano letivo Institucional para os cursos de mestrado dos programas de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro (PPGBIO-Interação) e de Pós-Graduação em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA). A atividade foi marcada pela realização da aula inaugural, que contou com a apresentação da palestra “Imunopatogênese da Infecção pelo HIV-1”, ministrada por Fernanda Heloise Côrtes, pesquisadora do Instituto Oswaldo Cruz (IOC).

Compuseram a mesa de abertura da aula inaugural, Sérgio Luz, Diretor do ILMD/Fiocruz Amazônia, Felipe Naveca, Vice Diretor de pesquisa e inovação, além dos pesquisadores Priscila Aquino e Fernando Herkrath, representando os programas PPGVIDA e PPGBIO-Interação.

Em entrevista, Fernanda falou sobre a experiência de apresentar para os alunos, um assunto de grande relevância para a saúde pública. “Foi um prazer, eu acho que é um momento muito especial, em que os alunos estão entrando cheios de expectativas. O HIV é um exemplo muito bom de como a ciência saiu da bancada e foi para o hospital. As vezes você acha que o que você está fazendo na sua bancada não possui tanto impacto, e surge uma nova demanda, que ninguém estava olhando e aquilo que você estava pesquisando pode ajudar aquele novo problema”

SOBRE A PALESTRANTE

Fernanda é graduada em Ciência Biológicas pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, mestre em Biologia Parasitária pelo Instituto Oswaldo Cruz e doutora em Biologia Parasitária pelo Instituto Oswaldo Cruz.

 Atualmente desenvolve projetos envolvendo indivíduos infectados pelo HIV-1, capazes de controlar a replicação viral na ausência da terapia antirretroviral e indivíduos HIV-1 positivos na fase aguda da infecção.

Possui experiência na área de Imunologia e biologia molecular com ênfase na resposta imune em HIV/Aids, com foco na resposta de células T, ativação imune celular e inflamação.

FORMAÇÂO

Os programas desenvolvidos pelo ILMD/Fiocruz Amazônia têm por finalidade qualificar profissionais para funções especializadas nos campos das ciências e tecnologias em saúde, necessários à sociedade, bem como aprofundar conhecimentos e habilidades, voltando-se prioritariamente para a área de Saúde Coletiva e afins, promovendo atualização sobre os avanços de conhecimentos nesse campo e a ampliação das competências profissionais dos discentes.

Ex bolsista do Programa de Iniciação Científica PIC/ILMD/Fiocruz Amazônia, e agora mestranda pelo PPGBIO-Interação, Thaís Pinto, destacou a importância deste novo momento em sua carreira acadêmica e profissional. “Esse início trouxe um novo significado para minha nova vida profissional aqui na Instituição, pois ampliou muito mais a minha visão a respeito da ciência e da importância dela, no Brasil e no mundo. Espero que nossos projetos também sejam importantes e que possam contribuir para a saúde pública, além de auxiliar nos avanços tecnológicos à serviço da saúde, para o desenvolvimento de novos métodos de diagnósticos de doenças e tratamento, assim como servir de base para outros trabalhos”.

SOBRE O PPGBIO-INTERAÇÃO

O Programa de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro é curso strictu sensu que tem como essência a dinâmica de transmissão das doenças e as interações moleculares e celulares da relação patógeno-hospedeiro no âmbito da maior biodiversidade mundial.

O curso se enquadra na grande área em Parasitologia devido a pesquisa e ensino terem ênfase na eco-epidemiologia e biodiversidade de micro-organismos e vetores; fatores de virulência, mecanismos fisiopatológicos e imunológicos associados na interação parasito-hospedeiro.

Estes diversos aspectos são os principais delineadores para escolha da área de concentração da Ciências Biológicas III, por esta ser uma área multidisciplinar e baseada no eixo bioquímica, genética, biológico, celular e molecular. Os alunos recebem uma formação em áreas estratégicas por sua importância e que precisam ser desenvolvidas no Estado.

SOBRE O PPGVIDA

O programa visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica

A aula inaugural ocorreu no Salão Canoas, no ILMD/Fiocruz Amazônia. Durante a manhã, os alunos participaram de uma recepção realizada pela equipe do ensino, onde foram apresentados o regulamento do Ensino, regimento do PPGVIDA, manual do aluno e calendário acadêmico.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Fotos: Eduardo Gomes/ ILMD/ Fiocruz Amazônia

Aula inaugural dos cursos PPGBIO-Interação e PPGVIDA será na segunda, 2/3

Na segunda-feira, 2/3, às 9h, inicia o ano letivo para os cursos de mestrado dos programas de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro (PPGBIO-Interação) e de Pós-Graduação em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA) do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD / Fiocruz Amazônia). “Imunopatogênese da Infecção pelo HIV-1” será o tema da aula inaugural, a ser ministrada por Fernanda Heloise Côrtes, pesquisadora do Instituto Oswaldo Cruz (IOC).

O evento é aberto ao público e reunirá alunos, professores e demais interessados no Salão Canoas, na sede da Fiocruz Amazônia, à Rua Teresina, 476, Adrianópolis – Manaus -AM.

O quê? Abertura do Ano Letivo na Fiocruz Amazônia com a palestra Imunopatogênese da Infecção pelo HIV-1

Quando?  2/3/2020, segunda-feira

Onde? Salão Canoas, na sede da Fiocruz Amazônia, à Rua Teresina, 476, Adrianópolis – Manaus -AM.

Palestrante: Fernanda Heloise Côrtes, pesquisadora do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz).

Ascom-ILMD/Fiocruz Amazônia
Imagem: Mackesy Nascimento

Fiocruz Amazônia divulga resultado de seleção para aluno especial nos programas PPGBIO-Interação e PPGVIDA

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) divulgou nesta quinta-feira, 20/2, o resultado da Seleção para vagas de aluno especial em disciplinas dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA) e em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro (PPGBIO-Interação), para o 1° semestre de 2020.

Confira o resultado para o PPGBIO-Interação

Confira o resultado para o PPGVIDA

SOBRE O PPGVIDA

O curso de mestrado em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos, capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O PPGVIDA também visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica.

SOBRE O PPGBIO-INTERAÇÃO

O Programa de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro é curso strictu sensu que tem como essência a dinâmica de transmissão das doenças e as interações moleculares e celulares da relação patógeno-hospedeiro no âmbito da maior biodiversidade mundial.

O curso se enquadra na grande área em Parasitologia devido a pesquisa e ensino terem ênfase na eco-epidemiologia e biodiversidade de micro-organismos e vetores; fatores de virulência, mecanismos fisiopatológicos e imunológicos associados na interação parasito-hospedeiro.

Estes diversos aspectos são os principais delineadores para escolha da área de concentração da Ciências Biológicas III, por esta ser uma área multidisciplinar e baseada no eixo bioquímica, genética, biológico, celular e molecular. Os alunos recebem uma formação em áreas estratégicas por sua importância e que precisam ser desenvolvidas no Estado.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes

PPGVIDA e PPGBIO-Interação abrem inscrições para vagas de aluno especial

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) informa a abertura de vagas para inscrição de aluno especial em disciplinas dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA) e em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro (PPGBIO-Interação), para o 1° semestre de 2020.

Para se inscrever, os candidatos devem preencher formulário de inscrição, disponível no site institucional, tanto para o PPGVIDA, como para o PPGBIO-Interação. Após preenchimento, o formulário deverá ser impresso, assinado pelo candidato e anexado juntamente com outros documentos estabelecidos no edital.

Os candidatos devem enviar os documentos solicitados em chamada pública, para o e-mail alunoespecial.ilmd@fiocruz.br nos dias 10 e 11 de fevereiro de 2020. O envio da inscrição será considerado até as 21h59 (horário de Manaus) do último dia.

A seleção dos candidatos ocorrerá no período de 14 a 19 de fevereiro de 2020.

Para saber mais, confira na Plataforma SIGA, as disciplinas ofertadas, o formulário de inscrição, o edital e demais informações, para aluno especial do PPGVIDA e para aluno especial do PPGBIO – Interação.

QUEM PODE SE INSCREVER:

  • Alunos de outros cursos de pós-graduação stricto sensu da Fiocruz;
  • Alunos de outros cursos de pós-graduação stricto sensu de outras instituições públicas e/ou privadas;
  • Alunos de curso de pós-graduação lato sensu da Fiocruz;
  • Alunos de outros cursos de pós-graduação lato sensu de outras instituições públicas e/ou privadas;
  • Candidatos com curso de pós-graduação lato sensu concluído, que não estejam no momento da inscrição fazendo outro curso de lato sensu ou cursando stricto sensu.

DISCIPLINAS OFERTADAS:

As disciplinas ofertadas no PPGVIDA e a quantidade de vagas, respectivamente, são: Tópicos especiais em saúde coletiva: Geografia da Saúde (6); Microbiologia em Saúde Pública (10); Tópicos especiais em saúde coletiva: Alimentação e nutrição das populações amazônicas (6); APS e Redes de Saúde em Cenários Amazônicos (15); Epidemiologia II (6).

Para o PPGBIO – Interação, as disciplinas ofertadas para aluno especial, são: Interação da Relação Patógeno Hospedeiro I (3); The art of reading a paper (4); Metodologia da Pesquisa (3); Interação da Relação Patógeno Hospedeiro II (5).

SOBRE O PPGVIDA

O curso de mestrado em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos, capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O PPGVIDA também visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica.

SOBRE O PPGBIO-INTERAÇÃO

O Programa de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro é curso strictu sensu que tem como essência a dinâmica de transmissão das doenças e as interações moleculares e celulares da relação patógeno-hospedeiro no âmbito da maior biodiversidade mundial.

O curso se enquadra na grande área em Parasitologia devido a pesquisa e ensino terem ênfase na eco-epidemiologia e biodiversidade de micro-organismos e vetores; fatores de virulência, mecanismos fisiopatológicos e imunológicos associados na interação parasito-hospedeiro.

Estes diversos aspectos são os principais delineadores para escolha da área de concentração da Ciências Biológicas III, por esta ser uma área multidisciplinar e baseada no eixo bioquímica, genética, biológico, celular e molecular. Os alunos recebem uma formação em áreas estratégicas por sua importância e que precisam ser desenvolvidas no Estado.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Diovana Rodrigues
Imagem: Mackesy Nascimento

PPGVIDA convoca alunos estrangeiros para matrícula institucional

Os candidatos estrangeiros aprovados no processo seletivo, para ingresso no Curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA), do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) devem realizar a matrícula institucional nos dias 27 e 28 de fevereiro.

A convocação de matrícula para alunos estrangeiros está disponível na Plataforma Siga,  da Fiocruz, em  http://www.sigass.fiocruz.br/pub/inscricao.do?codP=120

Os aprovados devem comparecer munidos dos documentos necessários, conforme descritos na Chamada Pública n° 007/2019 e republicações, de 8h às 12h e de 13h às 16h, na Secretaria Acadêmica (SECA), da Fiocruz Amazônia, situada à Rua Teresina, 476 – bairro Adrianópolis, Manaus – AM.

O candidato que, no prazo destinado a matrícula institucional, não comparecer para efetivar a matrícula ou não cumprir as exigências de documentação anteriormente especificadas, não poderá se matricular. Neste caso, o próximo em lista de espera, de acordo com a ordem de classificação e linha de pesquisa, se houver, será convocado.

Para saber mais, acesse Chamadas Públicas do ILMD/ Fiocruz Amazônia.

SOBRE O PPGVIDA

O curso de Mestrado de Condições de vida e situações de saúde na Amazônia tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos, capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O programa também visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica.

Ascom/ILMD Fiocruz Amazônia, por Diovana Rodrigues
Imagem: Mackesy Nascimento

Vigilância em Saúde no Amazonas e Saúde Mental na Pós-Graduação foram temas do Encontro da Pós-Graduação da Fiocruz Amazônia, no dia 31/10

Em seu terceiro dia de realização, o I Encontro da Pós-Graduação do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) iniciou as atividades com a mesa-redonda Vigilância em Saúde no Amazonas. Falaram sobre esse tema o pesquisador e diretor da Unidade da Fiocruz no Amazonas, Sérgio Luz (Estratégia Inovadora para o controle de Aedes), o gerente de Doenças de Transmissão Vetorial da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (GDTV-FVS), Daniel Barros de Castro, e o gerente de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa), Jair dos Santos Pinheiro.

Com o tema One Health, o  I Encontro da Pós-Graduação é um evento científico realizado por professores e alunos de pós-graduação do ILMD/Fiocruz Amazônia com o intuito de divulgar pesquisas científicas e promover a integração dos programas de pós-graduação (Mestrado Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia – PPGVIDA e Mestrado de Biologia da Interação Patógeno Hospedeiro – PPGBIO-Interação),  além de propiciar debates sobre os estudos que estão sendo desenvolvidos no Amazonas, de acordo com as áreas e  conexões entre elas.

O evento iniciou no dia 29/10 e termina amanhã, 1º. de novembro. Com uma roda de conversa sobre O futuro da Pós-Graduação, da qual participam Fábio Trindade Maranhão Costa (da Universidade Estadual de Campinas – Unicamp), Márcia Perales Mendes Silva (da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas – Fapeam), Richarlls Martins (coordenador da Associação de Pós-Graduandos da Fiocruz do RJ –  APG-Fiocruz), Patrícia Melchionna Albuquerque (Coordenadora Geral de Pós-Graduação da Universidade do Estado do Amazonas – PROPESP- UEA) Maria Augusta Bessa Rebelo (professora da Universidade Federal do Amazonas – Ufam) e Claudia María Ríos Velásquez (pesquisadora e vice-diretora de Ensino, Informação e Comunicação do ILMD/Fiocruz Amazônia).

TEMÁTICAS

A coordenadora do evento e pesquisadora do ILMD/Fiocruz Amazônia, Priscila Aquino, comenta que os temas das palestras foram pensados junto com os alunos da pós-graduação da Unidade e distribuídos conforme as demandas tanto dos discentes quanto dos docentes, e de acordo com as temáticas associadas ao One Health.

Saúde Mental na pós-graduação foi um dos temas selecionados pelos alunos e que foi discorrido pela psicóloga e professora da Ufam, Denise Gutierrez.

Especificidades da Pesquisa Clínica na Amazônia também foi tema de mesa-redonda debatida pelos pesquisadores Marcus Lacerda (ILMD/Fiocruz Amazônia e Fundação de Medicina Tropical Heitor Vieira Dourado – FMT/HVD) que discorreu sobre Pesquisa colaborativa: o que queremos ser?; em seguida, Adriana Malheiro Alle Marie (Ufam) falou sobre Pesquisa básica em imunologia associada à aplicação clínica: experiências do grupo de pesquisa em Imunologia Básica e Aplicada; e Jacqueline Sachett (UEA/FMT-HVD) abordou Pesquisa Clínica em acidentes por serpentes: experiência da Fundação de Medicina Tropical – FMT-HVD.

EGRESSOS

Confira os trabalhos apresentados no terceiro dia de evento  pelos alunos egressos dos cursos do ILMD/Fiocruz Amazônia:

  1. Fatores associados à distribuição epidemiológica e espacial das notificações de Leishmaniose visceral, Brasil, 2001 a 2014 – Lisiane Lappe dos Reis;
  2. Investigação diagnóstica de pacientes com Mansonelose, submetidos ao tratamento com Ivermectina no município de São Gabriel da Cachoeira – Uziel Ferreira Suwa;
  3. Análise espacial da mortalidade infantil e condições de vida no arco norte da faixa de fronteira brasileira no período de 2000 a 2015 – Francélio Vieira de Souza;
  4. Análise e caracterização proteica do secretoma e da formação de biofilme por Aspergillus fumigatus – Cláudia Patrícia Mendes de Araújo;
  5. Redes Vivas em Região de Fronteira: usos e percursos na Rede de Saúde Materno-Infantil – Milene Neves da Silva;
  6. Avaliação da Assistência Farmacêutica na Atenção Básica da Saúde no Brasil através do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) – Orácio Carvalho Ribeiro Júnior;
  7. Investigação de vírus em Flebotomíneos (Diptera: Psychodidae), em uma comunidade de rural na Amazônia central brasileira – Antonio José Leão Cardoso
  8. Bionomia de Migonemyia migonei (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae) em condições experimentais – Eric Fabrício Marialva dos Santos

 

OPINIÃO

O I Encontro da Pós-Graduação está sendo considerado pelos alunos do ILMD/Fiocruz Amazônia um evento exitoso, pois conseguiu agregar várias discussões que conseguem conectar-se com a temática One Health.

Para a aluna do curso  de Mestrado de Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia, turma 2018 e orientanda da professora Ormezinda Celeste Cristo Fernandes, “o evento está sendo ótimo, porque nesse Encontro podemos ver temas relevantes de forma geral, das várias linhas de pesquisa dos cursos e não só na que eu desenvolvo, Fatores sócio biológicos no processo saúde-doença na Amazônia, que é mais voltada para pesquisa clínica, e aqui eu vejo pesquisas qualitativas, que eu não tenho tanto contato, quanto a pesquisa quantitativa”, comentou.

DADOS DO ENCONTRO

 

1º. DE NOVEMBRO

Divulgação Científica e O futuro da Pós-graduação são os temas que serão debatidos no último dia de evento. Para falar sobre As narrativas das ciências: do positivismo comteano às crises dos paradigmas contemporâneos relatados pela mídia, o  I Encontro da Pós-Graduação contará com Ricardo Alexino Ferreira, professor da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).

O Encontro contou com seguintes parceiros: Projeto QualificaSUS, Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Escola de Enfermagem de Manaus (EEM- Ufam) e Gráfica Amazon. Para mais informações sobre o evento, clique.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Fotos: Eduardo Gomes e Marlúcia Seixas