Posts

Equipes recebem treinamento sobre gerenciamento de resíduos

Com o objetivo de orientar quanto às normas vigentes de tratamento, descarte e destinação final de resíduos químicos e biológicos produzidos nos laboratórios de pesquisa do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), as equipes da Gerência do Laboratório de Multiusuários,  do Serviço de Gestão de Infraestrutura (Seinfra) e alunos bolsistas receberam na terça-feira,   19/12, treinamento sobre “Gerenciamento de resíduos de serviços de saúde “.

O treinamento foi ministrado pela enfermeira Elizabete Rocha, da Norte Ambiental Tratamento de Resíduo Ltda., que discorreu sobre a Resolução 306/2004, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, que dispõe sobre o regulamento técnico para gerenciamento dos resíduos do serviço de saúde, e sobre a Resolução 358/2005 – que aborda o tratamento e a disposição final dos resíduos de serviço de saúde e demais providências.

Hoje, 20/12, foi realizada a primeira coleta do material contingenciado, que totalizou 1.074 kg, feita pela empresa Norte Ambiental, que dará a destinação final adequada ao material coletado.

Segundo a gerente do Laboratório de Multiusuários, Giovana Pinheiro, “a formalização do contrato de coleta de resíduos, iniciado em 1º/12/2017, cumpre uma etapa de um trabalho de adequação das rotinas laboratoriais, dentro do Sistema de Gestão da Qualidade. Foi um trabalho realizado em parceria com a Comissão de Biossegurança”, disse.

Os alunos bolsistas que participaram do treinamento desenvolvem atividades de pesquisa sob orientação do pesquisador do ILMD/Fiocruz Amazônia, Pritesh Lalwani, em laboratório localizado no minicampus  da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Este laboratório também receberá ponto de coleta de resíduos.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Fotos: Eduardo Gomes e Marlúcia Seixas

Coordenadora da Qualidade da Fiocruz ressalta a importância da adoção de práticas de qualidade na pesquisa

“Práticas de Qualidade voltadas para pesquisa científica” foi o tema da palestra ministrada nesta quarta-feira, 28/4, pela coordenadora de Qualidade (CQuali) da Fiocruz, Renata Souza, no Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), para colaboradores do Instituto.

Renata Souza ressaltou o esforço que a Fiocruz vem empreendendo há alguns anos para a consolidação de uma cultura de excelência na Fundação, para tanto vem realizando interlocuções com as unidades para aprimoramento das práticas e processos institucionais, conforme normas e regulamentos nacionais e internacionais de gestão da qualidade. “Estamos num nível de maturidade, para que se faça a gestão de processos, de riscos e controles internos”, comentou.

A Fiocruz é signatária do Programa Nacional da Gestão Pública e Desburocratização (GesPública), do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, e o Sistema de Gestão da Qualidade da Fundação é estabelecido, implementado e mantido no âmbito da Vice-Presidência de Gestão e Desenvolvimento Institucional (VPGDI), por meio da CQuali.

A política da qualidade traduz o comprometimento institucional com o aprimoramento das práticas e processos institucionais, neste sentido a coordenadora sugere a interface com as diversas áreas da instituição, para a implantação de uma política de qualidade.

A qualidade voltada para pesquisa científica está relacionada à adoção de condutas e práticas de integridade pautadas em valores éticos, em confiabilidade, e transparência, dentre outros.

QUALIDADE NO ILMD

Recentemente, o ILMD teve aprovada sua política da qualidade, formulada em conformidade com a Portaria 1104/2016-PR, que trata do Programa de Gestão da Qualidade (PGQ/Fiocruz) e da Política da Qualidade da Fiocruz.

Antes da palestra, o assessor de Gestão Qualidade do Instituto, Itapuan Abimael da Silva, apresentou as medidas já adotadas no ILMD, quanto ao atendimento aos preceitos da Política e do Programa da Qualidade da Fiocruz.

Acesse aqui à Política da Qualidade do ILMD aprovada em Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo (CD/ILMD), realizada no último dia 19/6.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Fotos: Marlúcia Seixas