Posts

13º Congresso Internacional da Rede Unida recebe inscrições para monitoria

A Comissão organizadora do 13º Congresso Internacional da Rede Unida inicia nesta segunda-feira, (18/9), as inscrições de estudantes de graduação de todas as áreas do ensino para atuar como monitores no evento, que ocorre de 30 de maio a 02 de junho de 2018, na Universidade Federal do Amazonas (UFAM), em Manaus.

Os interessados devem ficar atentos ao prazo para a realização da inscrição, que vai até o dia 20 de outubro de 2017, preencher o formulário eletrônico no link http://www.redeunida.org.br/pt-br/dashboard/monitoria/1, enviar carta de intenção e anexar os documentos exigidos conforme item 6 do Edital.

O presidente dessa edição do Congresso, Rodrigo Tobias, pesquisador do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) destaca a importância da monitoria para o evento e reforça os benefícios que os alunos recebem ao participarem do congresso. “A monitoria é uma parte importante para a realização do congresso, pois é formada de alunos de graduação de diversas áreas do conhecimento que tem a oportunidade de participar e apoiar ações e atividades do evento em parceria com especialistas da área da saúde pública de âmbito nacional e internacional. Além disso, tem como benefício adesão diferenciada com relação a inscrição e apresentação de trabalhos científicos. Isso contribui sobremaneira para a construção de conhecimento mútuo desses monitores”, salientou Tobias.

Segundo uma das coordenadoras da Comissão de Monitoria do Congresso, Sônia Lemos, a participação dos alunos como monitores oportuniza o relacionamento não só com a produção do conhecimento, mas também os protagonistas desse conhecimento. “O Congresso da Rede Unida faz com que os estudantes de graduação tenham uma outra perspectiva da sua atuação profissional. Para os monitores de outros estados, essa é uma oportunidade de conviver com pessoas que ele não conhece e isso faz com que ele desenvolva uma série de habilidades de conhecimentos”, destacou Lemos.

Todas as normas e requisitos necessários para concorrer as vagas podem ser conferidas no edital, assim como os critérios de seleção dos monitores. A relação dos estudantes selecionados será divulgada no dia 15 de novembro de 2017 no site da Rede Unida.
Rede Unida, por Mirineia Nascimento

Edição – Ascom – ILMD/ Fiocruz Amazônia

Seminário da Rede Unida reúne profissionais da Saúde  para debater atenção básica no ILMD

Começou hoje, 9/8, o Seminário Interprofissionalidade na Educação e Cuidado em Saúde e o Programa Mais Médicos.  O evento é resultado de parceria entre a Associação Brasileira Rede Unida e o Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia). A programação se estende até amanhã, 10.

O evento tem como objetivo intensificar o debate e a reflexão entre pesquisadores, estudantes, trabalhadores e gestores que atuam junto ao Sistema Único de Saúde (SUS) e que defendem o seu aprimoramento e ampliação em todas as regiões do país.

A mesa de abertura foi composta por Érika Almeida, subcoordenadora da Coordenação Geral de Gestão da Atenção Básica, do Ministério da Saúde; Kátia Helena Schweickardt, secretária Municipal de Educação de Manaus; Lubélia Sá Freire, subsecretária Municipal de Saúde de Manaus; Júlio Cesar Schweickardt, coordenador da Rede Unida; e Sérgio Luz, diretor do ILMD/Fiocruz Amazônia.

O coordenador abriu o evento falando da programação para os dois dias de Seminário e anunciando que hoje iniciam as inscrições para o 13º Congresso Internacional da Rede Unida, que acontecerá em Manaus, no período de 30 de maio a 2 de junho de 2018.

Érika Almeida ressaltou a importância do Seminário  Interprofissionalidade na Educação e Cuidado em Saúde e o Programa Mais Médicos,  principalmente para reflexão e revisão da Política Nacional de Atenção Básica (PNAB/MS).

Para Lúbélia Sá Freire, a participação dos atores municipais da Saúde nas discussões sobre vigilância em saúde são fundamentais, daí o empenho para que as equipes da Semsa participem do Seminário.

Kátia Helena Schweickardt enfatizou o quanto a educação tem a aprender com a saúde, principalmente num evento como o Seminário que faz uma interface entre as duas áreas. Na oportunidade, a secretária informou o apoio da Prefeitura de Manaus ao 13º Congresso Internacional da Rede Unida.

Sérgio Luz, deu as boas-vindas aos participantes do Seminário e falou da importância do evento, especialmente diante do que se tem passado na política do país. Lembrou da importância do trabalho da Rede Unida, que atua de forma a considerar as diferenças sociais, culturais e regionais do país plural.

O diretor do ILMD/Fiocruz Amazônia também agradeceu às presenças de Kátia Silveira da Silva, coordenadora do Mestrado Profissional em Saúde da Família (ProfSaúde /Abrasco – Fiocruz), que na ocasião representou a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima;  e de Júlio Manuel Suárez, representando  Carlos Rosales , da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS).

O Seminário é aberto ao público e está sendo realizado no ILMD/Fiocruz/Amazônia, no Salão Canoas, à rua Teresina, 476, Adrianópolis, Zona Sul de Manaus.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Foto: Eduardo Gomes