Posts

PPGVIDA e PPGBIO-Interação divulgam listas de alunos especiais selecionados para os cursos de mestrado

Os Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA) e em Biologia da Interação Patógeno Hospedeiro (PPGBIO-Interação), ambos do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), divulgaram nesta quinta-feira, 18/01, os nomes dos candidatos selecionados para cursarem disciplinas como alunos especiais.

As listas estão disponíveis na Plataforma Sigass, da Fiocruz.

Para acessar a lista do PPGVIDA, clique.

Para acessar a lista do PPGBIO-Interação, clique.

SOBRE OS CURSOS

O Programa de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro (PPGBIO-Interação) tem como essência a dinâmica de transmissão das doenças e as interações moleculares e celulares da relação patógeno-hospedeiro, no âmbito da maior biodiversidade mundial.

O PPGBIO-Interação se enquadra na grande área em Parasitologia devido a pesquisa e ensino terem ênfase na ecoepidemiologia e biodiversidade de micro-organismos e vetores; fatores de virulência, mecanismos fisiopatológicos e imunológicos associados na interação parasito-hospedeiro.

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA) tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O PPGVIDA também visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas

PPGVIDA abre inscrições para aluno especial

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA), do Instituto de Pesquisa Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), recebe nos dias 4 e 5 de janeiro, inscrições para aluno especial.

São 35 vagas para aluno especial, distribuídas entre as seguintes disciplinas: Espaço Saúde e Ambiente na Amazônia (10 vagas); APS e Redes de Saúde em Cenários Amazônicos (15 vagas); e Microbiologia em Saúde Pública (10 vagas).

Para o edital, clique.

Podem se inscrever alunos de outros cursos de pós-graduação stricto sensu da Fiocruz;  alunos de outros cursos de pós-graduação stricto sensu de outras instituições públicas e/ou privadas;  alunos de curso de pós-graduação lato sensu da Fiocruz; alunos de outros cursos de pós-graduação lato sensu de outras instituições públicas e/ou privadas; candidatos com curso de pós-graduação lato sensu concluído, que não estejam no momento da inscrição fazendo outro curso de lato sensu ou cursando stricto sensu.

Para inscrição, acesse a Plataforma Siga, da Fiocruz, em   http://www.sigass.fiocruz.br/pub/inscricao.do?codP=120

SOBRE O PPGVIDA

O Programa tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

Além disso, o PPGVIDA também visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica

A seleção dos candidatos será feita no período de 11 a 16 de janeiro e a divulgação dos nomes selecionados ocorrerá no dia 19 de janeiro.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Imagem: Mackesy Pinheiro

Mestrado em Biologia da Interação Patógeno Hospedeiro abre inscrições para aluno especial    

Nos dias 4 e 5 de janeiro de 2018 estarão abertas as inscrições para candidatos a aluno especial do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biologia da Interação Patógeno Hospedeiro (PPGBIO-Interação), do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia).

Para se inscrever o candidato deve acessar a Plataforma Siga, da Fiocruz, no link http://www.sigass.fiocruz.br/pub/inscricao.do?codP=127. As disciplinas oferecidas são: Interação da Relação Patógeno Hospedeiro I; Interação da Relação Patógeno Hospedeiro II; e Princípios e aplicações da Citometria de Fluxo.

Acesse o edital.

As inscrições são abertas a alunos de outros cursos de pós-graduação stricto sensu da Fiocruz; alunos de outros cursos de pós-graduação stricto sensu de outras instituições públicas e/ou privadas; alunos de curso de pós-graduação lato sensu da Fiocruz; alunos de outros cursos de pós-graduação lato sensu de outras instituições públicas e/ou privadas; e a candidatos com curso de pós-graduação lato sensu concluído, que não estejam no momento da inscrição fazendo outro curso de lato sensu ou cursando stricto sensu.

Os nomes dos candidatos selecionados serão divulgados no dia 19 de janeiro de 2018.

SOBRE O CURSO

O Programa de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro é um curso stricto sensu, que tem como essência a dinâmica de transmissão das doenças e as interações moleculares e celulares da relação patógeno-hospedeiro, no âmbito da maior biodiversidade mundial.

O PPGBIO-Interação se enquadra na grande área em Parasitologia devido a pesquisa e ensino terem ênfase na ecoepidemiologia e biodiversidade de micro-organismos e vetores; fatores de virulência, mecanismos fisiopatológicos e imunológicos associados na interação parasito-hospedeiro.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Foto: Ascom-ILMD/Fiocruz Amazônia