Posts

Lançada a segunda edição da Fiocruz Amazônia Revista

Foi lançada durante o 13º. Congresso Internacional da Rede Unida, realizado de 30/5 a 2/6, a segunda edição da “Fiocruz Amazônia Revista”, uma publicação semestral, em formato digital, produzida pelo Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia).

Assim como na edição anterior, a divulgação da “Fiocruz Amazônia Revista”, se deu por meio da distribuição de cartões com QRCode  (código de barras bidimensional)  que pode  ser lido e identificado pela câmera de smartphones, a partir do uso de aplicativos específicos para leitura desses códigos. A publicação também está disponível para download no site Fiocruz Amazônia.

A nova edição busca relacionar seus assuntos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), portanto, no topo de cada matéria encontra-se um ícone de ODS, estabelecendo um elo entre a temática do artigo e o Objetivo. A revista conta com 72 páginas com sessões e reportagens sobre pesquisas, ações e atividades desenvolvidas na Amazônia.

Clique aqui e acesse a segunda edição da revista.

SOBRE A REVISTA

Criada com a missão de divulgar à sociedade os frutos de esforços científicos desenvolvidos por pesquisadores da Fiocruz, a “Fiocruz Amazônia Revista” é um veículo de popularização da ciência que adota o jornalismo científico para divulgar pesquisas, cursos, ações e eventos que possam contribuir para a melhoria das condições de vida e saúde das populações amazônicas e para o desenvolvimento científico e tecnológico regional.

Clique para acessar a outras publicações da Fiocruz.

SOBRE OS ODS

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são uma agenda mundial adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, realizada em 2015. A agenda 2030 é composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos no seu período de vigência.

Nessa agenda estão previstas ações mundiais nas áreas de erradicação da pobreza, segurança alimentar, agricultura, saúde, educação, igualdade de gênero, redução das desigualdades, energia, água e saneamento, padrões sustentáveis de produção e de consumo, mudança do clima, cidades sustentáveis, proteção e uso sustentável dos oceanos e dos ecossistemas terrestres, crescimento econômico inclusivo, infraestrutura, industrialização, entre outros.

Saiba mais sobre a Agenda 2030.

Para mais informações sobre o 13º. Congresso Internacional da Rede Unida, clique 

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Imagem: divulgação